Apoio ao Hamas diminui em Gaza e na Cisjordânia

O apoio ao Hamas na Cisjordânia e em Gaza diminuiu em quatro pontos percentuais, para 18% desde dezembro, de acordo com uma nova pesquisa. 

A pesquisa, realizada pelo Mundo Árabe para Pesquisa e Desenvolvimento (AWRAD), mostra que o apoio ao Hamas diminuiu em quatro pontos, para 18% enquanto o apoio para o Fatah está de volta ao seu nível de julho de 2012 (42%), um aumento de 37%, em dezembro de 2012. 

A construção de assentamentos na Cisjordânia parece ser o maior obstáculo para a paz, de acordo com a sondagem, com 68% dos entrevistados apoiando o retorno das negociações com Israel, se parar a construção. 

Depois disso, 65% dos entrevistados se opusseram a uma terceira Intifada. A maioria também acredita que atividades de protesto popular, como a construção de um acampamento de protesto em Bab al-Shams no corredor E1, tem um impacto real. 

Sobre o efeito da Operação Pilar de Defesa em novembro de 2012, 53% disseram que os últimos confrontos e o resultante cessar-fogo na Faixa de Gaza não vão levar a uma mudança real nos assuntos palestinos. 

Os índices de aprovação do presidente da Autoridade Palestina Mahmoud Abbas ficaram em 58% na pesquisa, contra 45% para o chefe político do Hamas, Ismail Haniyeh. Quando os dois são colocados um contra o outro em uma corrida presidencial, Abbas poderia receber 64% dos votos contra 36% para os líderes do Hamas, Khaled Mashaal ou Haniyeh. 

A pesquisa foi realizada entre os palestinos com 1.200 entrevistados, e sua margem de erro é de 3%.

Veja também

Nova York tem tentativa de ataque terrorista nesta manhã

O maior terminal rodoviário do mundo foi palco da tentativa de um ataque terrorista, conforme …

Deixe uma resposta