Alguns finalistas indicados ao Prêmio São P de Literatura

Saiu no Diário Oficial do Estado de São Paulo a lista dos finalistas do Prêmio São Paulo de Literatura. Pela primeira vez, um estrangeiro configura entre os finalistas. O moçambicano Mia Couto, autor do romance Mulheres de cinza (Companhia das Letras), integra a lista de 20 autores na fase derradeira do prêmio.

Ao todo, 175 livros entraram para a competição.

O Prêmio São Paulo distribuirá R$ 400 mil em dinheiro: R$ 200 mil para o vencedor da categoria Melhor Livro do Ano de 2015 – escrito por Autor não Estreante; R$ 100 mil para o Melhor Livro do Ano de 2015 – escrito por Autor Estreante até 40 (quarenta) anos e R$ 100 mil para o Melhor Livro do Ano de 2015 – escrito por Autor Estreante acima de 40 (quarenta) anos.

O júri final, que escolherá os três vencedores, será formado por cinco profissionais do meio literário. São eles: Adriano Schwartz, Elisabeth Brait, Estêvão Andozia Azevêdo, Heloisa Beatriz Goulart Jahn e Ronald Polito de Oliveira.

A entrega do prêmio está prevista para acontecer em outubro. Eis alguns dos finalistas:

Melhor romance

A resistência, de Julián Fuks (Companhia das Letras)

Írisz: as orquídeas, de Noemi Jaffe (Companhia das Letras)

Melhor romance de autor estreante até 40

Para não dizer que não falei de flora, de Tomas Rosenfeld (7 Letras)

Veja também

Professor de esquerda ligado a Israel aborda o antissemitismo nas esquerdas

“Convivo com gente da esquerda há décadas e, tendo uma relação muito forte com Israel …