Agência da ONU denuncia túnel subterrâneo sob escola em Gaza (Ansa)

A Agência das Nações Unidas de Assistência aos Refugiados da Palestina (UNRWA) considerou “inaceitável” a construção de um túnel sob uma de suas escolas na Faixa de Gaza. A descoberta do túnel foi anunciada ontem pelo porta-voz da entidade, Christopher Gunness. “A organização interveio de maneira firme com as partes pertinentes para protestar contra a violação do lugar e a falta de respeito à neutralidade das propriedades da ONU”.

Gunness ainda acrescentou que a UNRWA “goza de inviolabilidade com base na lei internacional” e que construções do tipo colocam em risco tanto os alunos como os funcionários da ONU no local. “É preciso cessar todas as atividades ou condutas que coloquem em risco os beneficiários e nosso staff e que mina a capacidade da UNRWA de assistir aos refugiados palestinos”, finalizou. A construção desse tipo de túnel foi denunciada por Israel no conflito de 2014 contra o Hamas. Esse tipo de túnel é comumente usado pelo Hamas e por grupos armados palestinos para praticar ataques contra Israel.

Hoje mesmo, as Forças de Defesa de Israel bombardearam um túnel de ataque que havia sido escavado da Faixa de Gaza até o território israelense, perto do Kibutz Kissufim. O porta-voz das FDI, Ronen Manelis, disse aos repórteres que o túnel era uma “violação flagrante da soberania israelense” que exigia uma resposta militar.

Ansa/Haaretz

Veja também

Festa das Luzes

Amigos e colegas de Diálogo! A Festa das Luzes é um encontro para todas as …