A história dos judeus que salvaram judeus

Alan Schneider, diretor do B’nai B’rith World Center em Jerusalém, relata a história de casos como o do esportista Yona Eckstein (1902-1971) de Bratislava. Famoso e muito bem relacionado, ficou em casa enquanto os judeus foram deportados em 1941. Escolhido para levar comida aos campos de trânsito, facilitou a fuga de muitos companheiros. Hospedou órfãos da Polônia fazendo-os ao hoje Estado de Israel, auxiliou fugitivos de Auschwitz. Foi preso pela Gestapo ( polícia nazista) e torturado. Depois da guerra, imigrou para a Austrália. Ao visitar Israel foi ovacionado por centenas de pessoas que salvou. Leia mais em:

The Times of Israel http://blogs.timesofisrael.com/

Veja também

B’nai B’rith na 10ª caminhada que reuniu 50 mil em prol da liberdade religiosa no RJ

A comunidade judaica participou em peso no domingo, 17 de setembro, com milhares de pessoas …

Deixe uma resposta